× Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Altamiro Fernandes
A vida em verso e prosa
Textos

O NÚMERO TRÊS E SUA CAIXA DE PANDORA
 
A crendice popular abomina o número 13. Dizem ser ele o porta voz de todos os azares – possíveis e imagináveis, diga-se! Há, todavia uma ciência que se especializou no estudo dos números: a Numerologia. É uma ciência que estuda o ocultismo: adivinhação, artes divinatórias, cabala, ciências ocultas, esoterismo, hermetia, magia – todos ligados aos números. O número é o conjunto de todos os conjuntos equivalentes entre si. É quantidade, soma (há um número de quesitos sem respostas.) (*)

Cabalas à parte, vamos encontrar no número Três uma característica não encontrada em nenhum outro. O número Três, porém, aponta para algo completo relacionado a Deus que é Triuno, Três são 1. O homem é a imagem e semelhança de Deus, por isso ele é triuno: Espírito, Alma e Corpo. A família tradicional, para ser considerada família, tem que ter pai, mãe e filho, porque expressa o relacionamento de Trindade. Três, também, é o número da ressurreição, porque Ele ressuscitou ao 3º dia. Jonas ficou Três dias no ventre da baleia. O batismo é feito em nome do Triuno: Pai, Filho e do Espírito Santo.

Todavia, se retrocedermos no tempo, vamos encontrar o número Três presente lá na distância temporal da existência do homem, no Éden. Vejam que havia no Paraíso a figura de Adão, Eva e a Cobra que (somados dá o total de Três) – silente e de mansinho – mandou a primeira Fake News nos ouvidos de Eva, causando a abertura da Caixa de Pandora que destroçou toda a humanidade e vem destroçando-a, até nos dias atuais.

A partir de então, o número Três continuou a sua saga. Jesus Cristo fora crucificado entre dois ladrões, ou seja: Cristo, Dimas e Gesta que, somados são Três. Três, também, foi o número dos cravos que pregaram Cristo na cruz e Três foram os dias necessários para que Jesus Cristo viesse a ressuscitar. Mas o número Três não para na sua saga: Pedro negou Jesus por Três vezes; são Três as virtudes dadas por Deus – Fé, Esperança e Amor! O Apocalipse fala de Três espíritos. Três foram os Reis Magos. Mateus viu Três pessoas no momento da transfiguração: Jesus, Moisés e Elias. E para não mais delongar, Noé teve Três filhos: Sem, Cam e Jafé.

E para encerrar a triste Saga do Número Três na Bíblia Sagrada, vale dizer que o ser humano assassinou o Filho de Deus, quando Ele tinha Trinta e Três anos.


Saindo da Saga Bíblica que está ligada ao número Três, veremos que, até nos dias de hoje ele, o Três, se faz presente no nosso dia-a-dia. Basta lembrarmos que todas as desgraças que assolam a Nação Brasileira estão inseridas nos Três Poderes da República: Executivo, Legislativo e Judiciário.

Vale lembrar: Certa vez perguntaram ao grande matemático Árabe Al-Khawarismi sobre o ser humano, e ele respondeu:
-“Se tiver ética, então ele é = 1. Se também for inteligente, acrescente-lhe o 0 e ele será = 10. Se também for rico, acrescente-lhe outro 0 e ele será = 100. Também, se for belo, acrescente-lhe outro 0 e ele será = 1.000.

Mas, se ele perder o 1que corresponde à ética – perderá todos os seus VALORES, pois só lhe restarão os ZEROS.
No parágrafo anterior falávamos que todas as desgraças que assolam a Nação Brasileira estão inseridas nos Três Poderes da República: Executivo, Legislativo e Judiciário. Cabe, todavia, uma pergunta:
- Por que todas estas desgraças nos assolam?
- Simplesmente pela corrupção que, lá, grassa de forma galopante. E se a corrupção lá, grassa – cheia de desgraças e sem graça alguma – é porque existe a falta de ética na maioria dos seus componentes.

Agora, pasmem. As palavras CORRUPÇÃO e ÉTICA – em ambos os casos são TRISSÍLABAS por possuírem Três Sílabas: A saga da trilogia do mal!

Dia virá – esperemo-lo, pois – em que nós e toda a nação Brasileira nos livraremos do Numero Três e Sua Caixa de Pandora!
****************
(*) Fonte: Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, Rio de Janeiro, ano de 2001, 1ª Edição, Editora Objetiva.
Imagem: Google
Altamiro Fernandes da Cruz
Enviado por Altamiro Fernandes da Cruz em 26/09/2020
Alterado em 26/09/2020
Comentários