× Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Altamiro Fernandes
A vida em verso e prosa
Textos
                            *CLAMOR DA NATUREZA AO BICHO HOMEM*
 
 
-Aonde vais tu – infeliz lenhador –
com teu machado, lesto a marchar?
-Estou indo, dirás, para a floresta,
onde muitas árvores vou derrubar!
 
-Filho meu, porque me feres tanto?
Pois a ti, tudo que é meu, dou!
Dou-te a sombra na qual te refrescas;
A água e o pão que a tua fome saciou!
 
Dou-te o ar puro que respiras.
Dou-te o que vestes e o cobertor...
Filho meu, porque feres tanto,
A quem sempre te ama com fervor?
 
O teu machado vai a árvore derrubar
a única fonte de vida que ainda há!
Porque ela estando inerte, moribunda...
Morta, em breve, a humanidade estará!

Imagem: Google

 
 
 
 
 
Altamiro Fernandes da Cruz
Enviado por Altamiro Fernandes da Cruz em 21/08/2020
Comentários