× Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Altamiro Fernandes
A vida em verso e prosa
Textos
A Ordem do Inverso
 
                                                               
 
 
Roubaram meu amor pelo Brasil
Tiraram minha paz e ninguém viu
Levaram do meu bolso a carteira
A Ordem e o Progresso da bandeira

 
Roubaram o museu a velha tela
A moralidade da novela
A imparcialidade da impressa
Do simples cidadão a consciência

 
Roubaram a liberdade de expressar
A privacidade, o celular
A honestidade do Congresso
Cobraram neste Circo o meu Ingresso

 
Roubaram o meu time na final
Compraram o Juiz e o Tribunal
Roubaram a poesia da canção
E os ideais da revolução

 
Então tá tudo certo, o que é correto já não vale Mais
É a ordem do inverso no Brasil do tanto faz
Então tá tudo certo, o que é correto já não vale Mais
É a ordem do inverso no Brasil de quem Dá Mais

 
Roubaram o remédio do hospital
A verdade do espaço eleitoral
Roubaram a galinha do quintal
Compraram a manchete do jornal

 
Roubaram as grades da prisão
Colocaram nas janelas, no portão
Do Hino roubaram a Pátria Amada
E a futilidade é idolatrada

 
Roubaram a consciência ambiental
E o verde já não brota no quintal
A água poluída já não presta
Levaram a madeira da floresta

 
Tiraram a vida de um inocente
Soltaram porque era adolescente
Roubaram a confiança na polícia
Armaram um esquema com a milícia

 
Então tá tudo certo, o que é correto já não vale Mais
É a ordem do inverso no Brasil do tanto faz
Então tá tudo certo, o que é correto já não vale Mais
É a ordem do inverso no Brasil de quem Dá Mais

 
Do futebol roubaram a paixão
Na propaganda da televisão
A Coca já não mata a minha sede
E o craque agora é quem balança a rede

 
Roubaram a imagem da Igreja
Eu rezo para que Deus me proteja
Roubaram o dinheiro do projeto
Roubaram a razão do meu protesto

 
Meus amigos já nem vejo mais
E a conversa está nas redes sociais
Roubaram do casal a paciência
Levaram da criança a inocência

 
Cadê o bom exemplo não tem mais
Tiraram a autoridade até dos pais
Não levaram a chupeta da criança
Foi mais fácil roubar nossa esperança

 
Então tá tudo certo, o que é correto já não vale Mais
É a ordem do inverso no Brasil do tanto faz
Então tá tudo certo, o que é correto já não vale Mais
É a ordem do inverso no Brasil de quem dá mais.

 
****************
Autor: Yussef Leitão (letra e música)
Cantora: Juliana Franco
Imagem: Google
 
 
Ao autor, deixo os meus mais efusivos aplausos pela sua linda música   de revolta contra toda esta porca política brasileira.
Parabéns ao grande poeta Yussef Leitão!
Do seu admirador!
Altamiro Fernandes da Cruz
 
 
Yussef Leitão
Enviado por Altamiro Fernandes da Cruz em 15/08/2020
Comentários